Afreximbank “dá” 1500 milhões de dólares para a industrialização de Angola

O Banco Africano de Exportações e Importações (Afreximbank) acordou com Angola um financiamento de 1500 milhões de dólares para a importação de bens de consumo e projectos de industrialização no sector privado.
:
  

De acordo com o resumo de dois despachos assinados na semana passada, e a que a Lusa teve acesso, Angola vai assinar dois acordos de financiamento com o Afreximbank, um no valor de 500 milhões de dólares, e outro no valor de mil milhões de dólares.

O primeiro, de acordo com o resumo, servirá para financiar a "importação de bens de consumo para os sectores da Defesa, Interior, saúde e Segurança do Estado", enquanto o segundo servirá "para o financiamento de projectos de industrialização do país, no sector privado".

Desde 2016, o Afreximbank já financiou Angola no valor de 1400 milhões de dólares, a que se juntam mais 2000 milhões de dólares até 2020, disse o director do departamento de avaliação do crédito, Samuel Loum, numa entrevista em Abuja, em julho. Na altura, adiantou ainda que 500 milhões de dólares seriam desembolsados ainda este ano.

O Afreximbank é um banco de apoio ao comércio, exportações e importações em África e foi criado em Abuja, em 1993. Tem um capital de mais de 10 mil milhões de dólares.

Os accionistas são entidades públicas e privadas divididas em quatro classes e dele fazem parte governos africanos, bancos centrais, instituições regionais e sub-regionais, investidores privados, instituições financeiras, agências de crédito às exportações e investidores privados, além de instituições financeiras não africanas e de investidores em nome individual.

Mais Lidas