Ver Angola

Saúde

Covid-19: país recebeu 500 mil doses da vacina chinesa. Mais 480 mil chegam na Quarta-feira

Este Domingo, chegaram ao país 500 mil doses da vacina chinesa, Sinopharm. Na ocasião, a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, anunciou que, na próxima Quarta-feira, vão chegar a Angola mais 480 mil doses de vacinas.

:

"No âmbito do investimento que o Governo angolano está fazer na aquisição de vacinas chegou na manhã deste Domingo, 12 de Setembro, mais 500 mil doses de vacinas da Sinopharm", pode ler-se numa nota divulgada no Facebook do Ministério da Saúde.

Na ocasião, a titular da pasta da Saúde aproveitou para anunciar que, na próxima Quarta-feira, vai chegar ao país "mais um lote contendo 480 mil doses de vacinas".

Sílvia Lutucuta aproveitou ainda para relembrar que o vírus circular "a nível nacional", recomendando a população a reforçar e a cumprir as medidas de protecção.

A governante sublinhou que "o país tem várias estirpes como a Alpha, Beta, e alguns casos da Delta", todas elas são de alta transmissibilidade e que "afectam pessoas em qualquer idade".

Mostrando-se preocupada com a terceira vaga, Sílvia Lutucuta, citada pela Angop, afirmou que "as pessoas vacinadas podem, eventualmente, ter covid-19, mas vão ser assintomáticas ou com manifestações leves, mas que não chegam a ser casos graves, críticos ou levar a morte".

O Executivo quer, até ao final do ano, vacinar 60 por cento da população. No país estão a ser administrar as vacinas AstraZeneca, Sputnik V, Pfizer, Johnson e Johnson e Sinopharm.

Relacionado