Ver Angola

Defesa

Oficiais de justiça suspendem temporariamente greve marcada para esta Segunda-feira

O Sindicato dos Oficiais de Justiça de Angola (SOJA) suspendeu a greve, com arranque previsto para esta Segunda-feira, em Luanda, devido a um pedido do Conselho Superior da Magistratura Judicial (CSMJ), informou o secretário-geral.

:

Em declarações à agência Lusa, Joaquim Teixeira disse que a greve não arrancou por conta de um documento que deu entrada na Sexta-feira, em que o CSMJ convocava o sindicato para uma reunião, esta Segunda-feira, para negociações entre os parceiros, que decorre até ao momento.

Francisco Teixeira salientou que caso as propostas apresentadas não satisfaçam o sindicato mantém-se a intenção da greve.

O sindicalista frisou que estão a ser reivindicadas melhoria de condição de trabalho, revisão do regulamento do estatuto remuneratório, ingresso e promoção, subsídios em falta para os oficiais de justiça e seguro de saúde.

O caderno reivindicativo foi entregue ao CSMJ em Abril deste ano, mas das nove reclamações apenas uma foi atendida.

A primeira fase da greve, marcada de 6 a 10 deste mês, abrangeria os tribunais de primeira instância.

Relacionado