Ver Angola

Cultura

Exposição de pintura digital presta homenagem a Agostinho Neto

O Centro de Convenções de Talatona, em Luanda, acolhe durante este mês de Setembro uma exposição de arte que visa homenagear o primeiro Presidente do país, Agostinho Neto. Intitulada de “Ainda o meu sonho”, a exposição é composta por 21 obras, entre as quais pinturas, ilustrações digitais, instalações artísticas e um documentário.

: Platinaline
Platinaline  

Enquadrada nos festejos do Herói Nacional e para marcar o 99.º aniversário do primeiro Presidente do país, a exposição foi inaugurada na passada Segunda-feira, dia 6 de Setembro, e vai estar disponível ao público até dia 30 de Setembro.

A exposição conta com a assinatura dos artistas Jurema Ramos "Vastok" e Jamil Ramos "Parosol", que pretenderam homenagear Agostinho Neto fazendo ponte entre o seu pensamento e obra.

Jamil Ramos, citado pela Angop, revelou que a exposição é constituída por oito pinturas, cinco ilustrações digitais, sete instalações artísticas e um documentário, que retrata a altura artística até praticamente ao fim de vida do primeiro Presidente angolano, numa escolha de poemas que pertencem à obra "Ainda o meu sonho".

"Achamos ser uma grande honra homenagear o autor, que é considerado uma das principais figuras do país no século XX e através dos seus escritos, de certa forma, eternizar os seus feitos", afirmou o artista.

Já Jurema Ramos adiantou que a exposição é uma "viagem" pelo conjunto literário de Agostinho Neto e pretende transmitir a mensagem do seu pensamento no "Ainda o meu sonho".

"Nós sentimo-nos satisfeitos pela exposição, pois é um factor motivador para que possamos continuar a criar, pois é um orgulho retratar as obras de Agostinho Neto", completou.