Ver Angola

Sociedade

Presidente inaugura hospital no Bié em dia de protestos em Luanda

O Presidente da República, João Lourenço, inaugurou no Sábado um novo hospital na província do Bié, no mesmo dia em que aconteceram na capital três manifestações, incluindo uma convocada pelo sindicato dos médicos.

:

João Lourenço inaugurou um novo hospital geral na cidade do Cuito, capital da província do Bié, com capacidade para 230 camas e prestação de 20 serviços especializados, como Gineco-obstetrícia, Pediatria, Neonatologia, Cirurgia, Nefrologia, Oftalmologia, Ortopedia, Psiquiatria, Estomatologia e Otorrinolaringologia, entre outros.

Segundo uma nota da Secretaria para os Assuntos de Comunicação Institucional e Imprensa do Presidente da República, a infra-estrutura de saúde vai contar com 1000 técnicos, entre médicos (cerca de cem), enfermeiros, técnicos de diagnósticos e pessoal administrativo.

João Lourenço tinha visitado as obras do hospital na segunda quinzena de Outubro do ano passado.

Sábado foi também o dia marcado pelo Sindicato Nacional dos Médicos de Angola (SINMEA) para finalizar uma semana de luto e homenagear o pediatra Silvio Dala, morto a 1 de Setembro em circunstâncias ainda por esclarecer depois de ser conduzido a uma esquadra policial por não usar máscara policial.

A brutalidade da polícia foi o mote de uma outra manifestação organizada por jovens, para exprimir indignação face à violência policial desde o início da pandemia que já fez, pelo menos, uma dezena de vítimas.

No mesmo dia, apoiantes do PRA-JA Servir Angola, projecto político de Abel Chivukuvuku, manifestaram-se contra a actuação do Tribunal Constitucional que tem vindo sucessivamente a rejeitar a legalização do partido.

Galeria

Relacionado