Ver Angola

Saúde

Angola regista 48 novos casos e três mortes pelo novo coronavírus

Angola registou 48 novas infecções pelo novo coronavírus e três óbitos, totalizando 2777 casos positivos e 112 mortes, informaram esta Quarta-feira as autoridades sanitárias do país.

: Lusa
Lusa  

O secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, no balanço epidemiológico nas últimas 24 horas, disse que morreram dois homens, de 61 e 64 anos, e uma mulher, de 65 anos, todos de Luanda.

Segundo Franco Mufinda, do total de casos das últimas 24 horas, 27 do sexo masculino e 21 do sexo feminino, dois foram reportados na província do Zaire, igual número em Cabinda e os restantes em Luanda, com idades entre 2 e 67 anos.

Também foi anunciada a recuperação de 31 pessoas, perfazendo o total de 1115 doentes dado como recuperados, 1550 activos, dos quais cinco são críticos, sob ventilação mecânica invasiva, 14 graves, 36 moderados, 48 leves e 1447 assintomáticos.

Franco Mufinda apelou à população para não desvalorizar os sintomas comuns da covid-19 e outras doenças existentes no país, nomeadamente a malária, como a dor de cabeça, febre, perda de paladar e olfacto, dores nas articulações e o cansaço.

"Doentes com hipertensão arterial, diabetes, obesidade, drepanocitose, doenças renais e pulmonares e outras como factores de risco, apelamos a estes doentes o redobrar de cuidados no que toca à sua saúde", referiu.

Por outro lado, 290 infectados estão internados nos diferentes centros de tratamento no país e os restantes observam isolamento domiciliar.

No que se refere ao laboratório, foram processadas, nas últimas 24 horas, 413 amostras, sendo 48 positivas, apontando o cumulativo até à data, à base da biologia molecular, de 58.081 amostras processadas, das quais 2777 positivas.

De acordo com Franco Mufinfa, foi já feita a testagem a 1641 taxistas, nos municípios de Cacuaco e Viana, sendo 61 reactivos.

"Na Sexta-feira daremos continuidade nos municípios de Kilamba Kiaxi, Icolo e Bengo e Belas para concluir o processo de testagem dos taxistas", referiu o secretário de Estado para a Saúde, esclarecendo que a fotografia é de amostra e não da população, estimada em pouco mais de 40.000 taxistas, apenas em Luanda.

"Logisticamente é de amostra e não da população, tudo aponta para nos próximos dias termos já o laboratório de Luanda montado com a capacidade de à volta de 6000 testes diários", disse.

A pandemia do novo coronavírus que provoca a covid-19 já provocou pelo menos 857.824 e infectou mais de 25,8 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em Fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Relacionado