Ver Angola

Matérias Primas

PCA da Endiama: “Esperamos a recuperação do mercado em 2021”

Ganga Júnior, actual presidente do Conselho de Administração da diamantífera, manifestou-se confiante na recuperação do mercado dos diamantes no próximo ano.

:

"Para 2021 esperamos uma recuperação do mercado, e contamos chegar à  produção 9.2 ou 9.3 milhões de quilates, com uma facturação na ordem dos 1.2 mil milhões de dólares", afirmou, tendo referido no entanto, que a projecção poderá ser reajustada em função das circunstâncias do momento.

Em 2019, o sector diamantífero nacional produziu nove milhões, 121 mil e 515,07 quilates, explorados por 12 sociedades mineiras.

Numa nota a que o VerAngola teve acesso, o responsável refere que o mercado enfrenta constrangimentos (stockagem de diamantes resultantes da fraca procura, por exemplo) em consequência da pandemia da covid-19, mas começa a dar sinais de melhoria gradual.

Ganga Júnior, que foi um dos painelistas convidados a participar no "Angola Diamond E-Conference 2020" - que decorreu online sob o mote 'Liderando o mundo dos diamantes na nova era' - enfatizou que a Endiama tem uma função importante na  contribuição para o desenvolvimento da vida económica e social de Angola, e que a empresa procura fazer dos diamantes um veículo para estimular outros segmentos da vida produtiva do país.

A conferência resultou de uma parceria entre o Ministério dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás e o grupo internacional de media The New Jeweller.