Ver Angola

Cultura

Waldemar Bastos e Carlos Burity homenageados em mural de grafismo na Ilha de Luanda

O ponto final da Ilha de Luanda ganhou mais cor e uma nova cara. Naquele que é considerado um dos pontos mais turísticos da capital, especialmente durante a época balnear, foi pintado um mural em homenagem aos cantores Waldemar Bastos e Carlos Burity, que morreram no mês passado.

:

A pintura, que ilustra as imagens de duas grandes vozes da música nacional, foi feita nas paredes de um tanque de água.

Em declarações à Angop, fonte da Fundação Arte e Cultura revelou que decidiram escolher aqueles dois cantores pelo papel que desempenharam na música nacional: "A escolha destas figuras deve-se ao contributo na música angolana, passando a mensagem de luta, humildade e unidade nacional".

A iniciativa é da autoria da Fundação Arte e Cultura no âmbito do Festival Internacional de Arte – um projecto que pretende homenagear os heróis da covid-19 e da luta contra o racismo –, que conta com a participação de 14 artistas plásticos angolanos.

Waldemar Bastos morreu no dia 10 de Agosto, em Lisboa, vítima de cancro. Carlos Burity morreu dois dias depois, em Luanda, vítima de doença prolongada.

Galeria

Relacionado