Ver Angola

Defesa

PGR apreende hotel construído com fundos público no âmbito da ‘Operação Caranguejo’

No âmbito da ‘Operação Caranguejo’, a Procuradoria-Geral da República (PGR) procedeu à apreensão de um hotel, supostamente construído com fundos públicos, situado na província da Huíla.

:

Foi através do Serviço Nacional de Recuperação de Activos que a PGR apreendeu a unidade hoteleira de três estrelas. Segundo avança a Rádio Nacional de Angola (RNA), a propriedade está adjudicada ao coronel Manuel Correia, antigo responsável da Casa de Segurança no Cuando Cubango, que foi detido no mês passado.

Localizado no município de Caluquembe, o hotel é o único daquela zona, sendo composto por 34 quartos, restaurante, bar e salão de beleza. Até ter sido apreendida, a unidade hoteleira tinha as portas abertas ao público.

Segundo a RNA, o hotel foi "construído de raiz", primeiramente por efectivos da Casa de Segurança, e foi posteriormente concluído por duas empresas estrangeiras.

Além do hotel, também foi apreendida do coronel uma padaria. Também localizada no município de Caluquembe, a padaria foi erguida por efectivos da Casa de Segurança, tendo as obras de conclusão sido concretizadas por uma empresa chinesa.

O Cofre Geral de Justiça foi nomeado, pelo Ministério Público, como fiel depositário, completa a RNA.

Relacionado