Ver Angola

Saúde

Governo Provincial de Luanda e Nações Unidas envolvem comunidade na luta contra a covid-19

O Governo Provincial de Luanda e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) em Angola vão cooperar em programas de empreendedorismo e implementação de uma estratégia de envolvimento comunitário para apoiar a luta contra a covid-19.

:

O memorando assinado esta Quarta-feira entre o representante do PNUD, Edo Stark e a governadora, Joana Lina enquadra-se nos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030.

Pretende, segundo Edo Stark, alcançar dois resultados: operacionalizar a Academia do Empreendedor de Luanda para fomentar o empreendedorismo e o auto-emprego, uma "necessidade urgente no período pós-covid e sobretudo para os jovens" e implementar uma estratégia de envolvimento comunitário em Luanda para combater a covid-19 e outras emergências de saúde.

"Com 90 por cento dos casos covid-19 a nível mundial registados nos centros urbanos, contamos com o engajamento de vários actores, tais como voluntários, organizações da sociedade civil, empresas e entidades educativas", destacou o responsável da PNUD.

Joana Lina, por seu lado, destacou que "o PNUD é o parceiro certo para esta iniciativa por ser a entidade que ao nível do sistema das Nações Unidas promove os objectivos do desenvolvimento sustentável.

Trata-se também de lançar as bases da estratégia provincial de engajamento comunitário no âmbito da resposta de Luanda à covid-19, tendo em conta a circulação comunitária do vírus e a necessidade de "nos preparamos para conviver com o isolamento e tratamento domiciliários de casos assintomáticos nos nossos bairros", acrescentou a governadora.

Pretende-se envolver todas as forças vivas, nomeadamente as famílias, as empresas, as comissões de moradores e demais organizações da sociedade civil.