Ver Angola

Indústria

Mini-indústria de produção de adubo orgânico deve chegar este ano ao Cunene

A província do Cunene poderá receber, ainda este ano, uma pequena indústria de produção de adubo orgânico. Bernardo Caritoco, coordenador do projecto artesanal de produção de fertilizantes a partir de resíduos sólidos, fez saber que a região poderá produzir cerca de 14 toneladas de adubo por dia.

:

O responsável explicou que o Programa de Apoio ao Crédito (PAC) vai financiar o projecto. Esse financiamento será de 200 milhões de kwanzas, adiantou.

"Esperamos receber este financiamento para aquisição de equipamentos e instalar uma mini-indústria e começarmos a abastecer o adubo aos pequenos e grandes agricultores da província e da região sul do país a fim de aumentarem a produção agrícola", disse, citado pela Angop.

Bernardo Caritoco considerou que este tipo de adubo, por ser natural, ajuda a manter os solos férteis e a diminuir o aparecimento de doenças em plantas como cereais, legumes, frutas, hortaliças, entre outros.

O projecto foi criado em 2017 em Ondjiva e, até agora, já produziu 360 toneladas de adubo orgânico, que foram distribuídas, gratuitamente, pelos pequenos agricultores com o objectivo de os incentivar a reduzir o uso frequente de adubos químicos.

O adubo é produzido a partir de resíduos sólidos, de origem animal e vegetal que se encontram em estado de decomposição.