48 horas em Paris: seis lugares onde comer na “Cidade das Luzes”

Paris dispensa apresentações. Esta que seguramente é uma das melhores e mais bonitas cidades do mundo está ligada a Luanda por um voo directo. Para quem vem de Luanda, come-se (e bebe-se) muito bem, por muito pouco, nos muitos restaurantes e bares espalhados pela cidade.
:
  

Estivemos na capital francesa há alguns meses e visitamos alguns dos sítios mais convidativos da cidade. Se só tivéssemos 48 horas em Paris, eis as nossas escolhas…

Aux Portes de L’orient

Construída entre 1922 e 1926, a Mosquée de Paris fica a alguns metros do Jardin des Plantes. Recomendamos a lerem a rica e interessante historia desta Mesquita na sua Wikipedia, assim como no seu website oficial.

O restaurante Aux portes de l’Orient, que também serve de casa de Chá e Hammam, fica dentro da Mesquita; poderão encontrar muitas mais informações visitando o seu website. Podemos dizer-vos desde já que o mesmo nos foi altamente recomendado assim que chegamos. Foi, portanto, o primeiro lugar que visitamos e podemos comprovar a razão de tanta fama.

Restaurante é oriental com temática predominante dos Marrocos. Tem paredes lindamente decoradas (por se encontrar dentro de uma mesquita), com árvores e plantas dentro de um pátio no meio do restaurante. Ficamos maravilhados com os azulejos e com a presença de um gato muito simpático (residente no restaurante) que nos veio cumprimentar no fim da refeição. O restaurante fica um bocado apertado quando cheio, mas isto é claramente algo em comum em Paris onde o espaço é em geral bem limitado. As mesas são tabuleiros enormes como os que se servem chá.

Le Petit Cambodge 

Recomendado pelos nossos amigos franceses como sendo um dos melhores restaurantes asiáticos da cidade, o Le Petit Cambodge foi o segundo na nossa lista.

O Restaurante é asiático, com uma fusão francesa moderna. Com cadeiras super coloridas na parte de fora, o restaurante é fácil de encontrar se conseguir chegar até a ruela onde se encontra (obrigado Google Maps, mais uma vez). É um bocado apertado quando cheio lá dentro, mas isto é claramente algo em comum em Paris onde o espaço é em geral bem limitado. Algo interessante quanto a este restaurante, é que nenhum prato custa mais de 15 euros.

Geladaria Chez Raimo

Escolha incontornável para quem gosta de gelados tradicionais, e aberta desde 1947, a Chez Raimo é (ou pelo menos diz ser) a geladaria mais antiga de Paris.

A geladaria também é um salão de chá e restaurante, assim como uma loja de gelados para Take Away na porta ao lado.

Tem uma decoração clássica europeia, meio chique, com alguns sofás e muitas fotografias relacionadas com o passado histórico da geladaria, que estava pintada toda de branco e com bastante espaço dentro. Tem também uma área para fumadores na parte de fora.

Ler Artigo Completo

Mais Lidas