Ver Angola

Desporto

Angola marca presença no Congresso Mundial de Patinagem

Angola vai marcar presença no Congresso Mundial de Patinagem de outras disciplinas, que vai decorrer no dia 3 de Agosto no Benin. José Gamboa, vice-presidente da para outras disciplinas da Federação Angolana de Patinagem (FAP) será o responsável pela representação no país no certame.

:

No encontro, que vai contar com a participação de mais de 30 países africanos, José Gamboa pretende apresentar as principais preocupações do país. A lista é composta pela falta de realização de actividades quer a nível do comité da zona quer a nível da comissão de hóquei em patins.

"Já constatamos que não houve qualquer actividade nem a nível do comité da zona nem a nível da comissão de hóquei em patins e essas são as nossas principais preocupações", começou por indicar José Gamboa, em declarações à Rádio Nacional de Angola (RNA).

O responsável informou que Angola se vai tentar "juntar ao Egipto, que também está descontente" para ser traçado "um plano conjunto para no próximo mandato, tanto o comité da nossa zona como o comité de hóqueis em patins saírem dessa letargia".

Falando sobre a importância do congresso, José Gamboa indicou que quase todos os países do continente africano que praticam esta modalidade vão estar presentes.

Explicou ainda que a patinagem tem vindo a aglutinar "uma série de disciplinas" e que em Angola algumas delas "já estão praticáveis", encontrando-se em "processo de organização".

"O hóquei em patins está-se a desenvolver noutras paragens. Por exemplo, o Benin também já tem hóquei em patins, os Camarões estão a desenvolver hóquei em patins e Angola está a desenvolver", disse, acrescentando que o país vai aproveitar para estabelecer relações e assim "começar a dar os primeiros passos" para a experiência de Angola ser partilhadas.

"Queremos ver se conseguimos fazer com que os nossos técnicos e árbitros dêem formação", afirmou.

Em paralelo com o congresso, vai realizar-se, entre 4 e 8 de Agosto, o Campeonato Africano de Patins em Linha e de Velocidade. Sobre a prova, José Gamboa afirmou que vai acompanhar a competição com o objectivo de ganhar experiência.

"Angola não participa [no campeonato] mas nós vamos observar o quarto campeonato africano de velocidade e o segundo campeonato em estilo livre em linha, vamos aproveitar a experiência e tirar alguma coisa proveitosa", sublinhou.