Ver Angola

Sociedade

Em menos de 10 dias, linha “SOS Criança” recebeu quase 20 mil queixas ligadas à violência contra menores

O centro de atendimento telefónico "SOS Criança" - que foi lançado no dia 16 de Junho e visa receber e tratar denúncias de violência contra menores - recebeu, em menos de 10 dias, quase 20 mil denúncias.

:

Segundo os números revelados pelo Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, citados pelo Novo Jornal, entre 16 e 25 de Junho, o centro recebeu um total de 19.753 denúncias ligadas a violência contra menores. Feitas as contas, por dia, a linha SOS Criança recebeu cerca de 1700 chamadas.

Fuga à paternidade foi a principal queixa apresentada, seguindo-se a violência física, exploração de trabalho infantil, negligência com as crianças e práticas de feitiçaria e violência sexual.

Luanda lidera a tabela das províncias com mais denuncias, seguida por Benguela, Huambo, Huíla e Cabinda.

Os dados indicam ainda que as principais queixas foram apresentadas por homens (55 por cento), 35 por cento por mulheres e 10 por cento por crianças.

A linha telefónica, cujo número é o 15015, funciona entre as 08h00 e 16h00. A partir dessa hora as chamadas são reencaminhadas para o Centro Integrado de Segurança Pública.

Relacionado