Ver Angola

Saúde

Máscara obrigatória na via pública em Luanda com multas até 10.000 kwanzas

O uso de máscaras na via pública será obrigatório, a partir de Quinta-feira, na província de Luanda e no município do Cazengo, no Cuanza Norte, estando previstas multas de 5000 a 10.000 kwanzas para quem violar as regras.

:

O anúncio foi feito esta Terça-feira pelo ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida, que adiantou que a partir de Quinta-feira vão vigorar normas diferenciadas para as circunscrições territoriais sob cerca sanitária.

É o caso da província de Luanda e do município do Cazengo no Cuanza Norte que estarão sob cerca sanitária até 9 de Agosto.

Além de ser recomendado aos cidadãos permanência nos domicílios, o horário dos serviços públicos, passará a ser nestas províncias das 08h00 às 15h00 (e até às 15h30 nas restantes províncias).

Luanda passará dos actuais 75 por cento da força de trabalho para um máximo de 50 por cento, podendo ir até 30 por cento.

As competições para treinos desportivos permanecem encerrados nestes territórios e os treinos individuais voltam a praticar-se nos horários das 05h30 às 07h30 e das 17h00 às 19h00.

Nesta prática de exercício individual, onde se têm registado ajuntamentos, doravante só poderão estar cinco pessoas, adiantou o ministro, acrescentando que a violação dessas regras, quer do horário quer do numero de pessoas é passível de sanção no mesmo valor pecuniário, entre 5000 e 10.000 kuanzas.

As novas regras estão previstas num decreto presidencial que vigora a partir das 00h00 de 9 de Julho.

Angola conta com um total de 386 casos de infecção pelo novo coronavírus, dos quais 21 óbitos e 117 recuperados.