Ver Angola

Política

PR participou na Cimeira da CEEAC que elegeu diplomata angolano para a liderança

Apesar dos contratempos impostos pelo período de pandemia vivido, João Lourenço não quis deixar de marcar presença – ainda que ‘online’ – na cimeira que culminou com a eleição de Gilberto Veríssimo para a liderança da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC).

:

O Presidente da República reuniu-se, via videoconferência, com chefes de Estado e de Governo da comunidade. Durante mais de seis horas os líderes abordaram várias questões, com destaque para as reformas da instituição.

"Foi feita a revisão do tratado da organização, bem como procedeu-se à análise dos seus protocolos, no quadro da nova dinâmica que se pretende para a", revelou Teté António, ministro das Relações Exteriores, no final da conferência. Citado pela Angop, o chefe da diplomacia angolana referiu ainda que as reformas em curso visam dar uma nova dinâmica à organização.

Já Gilberto Veríssimo, que presidirá à comissão nos próximos cinco anos, considerou fundamental fazer com que a organização seja vista pelos habitantes dos Estados-membros como um espaço comum.

O diplomata angolano, de 60 anos de idade, foi eleito por unanimidade para coordenar os destinos da Comunidade Económica dos Estados da África Central. Veríssimo é doutorado em Ciências Sociais e Estudos Estratégicos, tendo sido quadro sénior do Ministério das Relações Exteriores. Nos últimos cinco anos exerceu as funções de secretário Executivo Adjunto para os Assuntos Políticos da Comissão do Golfo da Guiné (CGG).

A CEEAC foi criada em Libreville, no Gabão, em 1983. Tem como principal objectivo a promoção da cooperação e do desenvolvimento auto-sustentável, com destaque para a estabilidade económica e melhoria da qualidade de vida da população da região.

Os 11 estados-membros que constituem a comunidade são Angola, Burundi, Camarões, República Centro-Africana, Chade, República do Congo, República Democrática do Congo, Ruanda, Guiné Equatorial, Gabão e São Tomé e Príncipe.

A vice-presidência da comissão ficará entregue ao diplomata equato-guineense Tatchouo Belope Francisca.

Roberto Veríssimo

Relacionado