Ver Angola

Defesa

Autoridades angolanas apreendem navio russo com mais de 1200 toneladas de pescado

As autoridades portuárias angolanas apreenderam esta Quinta-feira, na baía do Lobito, província de Benguela, um navio pesqueiro de fabrico russo sob bandeira camaronesa, com 1250 toneladas de peixe, das quais 800 de carapau, cuja captura está vedada até Agosto.

:

Segundo o director provincial da Agricultura e Pescas local, José Gomes da Silva, citado pela Angop, o pescado tinha como destino a província de Luanda.

O responsável avançou que o navio "Olutorsky" está licenciado pelas autoridades angolanas para a actividade de pesca por arrasto pelágico e escalou o porto do Lobito para fazer o transbordo do pescado para outro navio.

José Gomes da Silva referiu que foram cometidas duas infracções, nomeadamente a captura do carapau no período de defeso, entre Junho e Agosto, e a de falsificação de dados, por referir-se à captura de cavala, podendo o armador pagar uma multa de 20 milhões de kwanzas.

O navio com 104,50 metros de comprimento e um calado de 16 metros, tem a bordo 90 tripulantes, de nacionalidades russa e ucraniana.

O responsável do Centro Regional de Fiscalização Pesqueira e Aquicultura, Anjo da Costa, disse que esta é a primeira apreensão de vulto este ano no Lobito.

"Temos apreendido, com frequência, embarcações artesanais por diversas infracções. Neste momento, temos sete embarcações sob nossa custódia", informou Anjo da Costa.