Ver Angola

Saúde

Petrolíferas oferecem um milhão de vacinas a Angola

As empresas exploradoras de petróleo em Angola assinaram com o Governo de Luanda um acordo em que se comprometem a oferecer ao país um milhão de vacinas contra a covid-19.

:

O anúncio foi feito, nas suas redes sociais, pelo Ministério dos Recursos Minerais e Petróleos (MIREMPET) que, conjuntamente com o Ministério da Saúde (MINSA) e a ACEPA (Associação das Companhias Exploradoras de Petróleo), rubricou nas suas instalações o documento.

A doação prevê a vacinação dos funcionários ligados à indústria petrolífera "e seus dependentes", num total de cerca de 60 mil pessoas, sendo as restantes doses, 88 por cento, utilizadas na campanha de vacinação do Governo.

A ministra da Saúde, Silvia Lutucuta, informou que o contributo dado pelas petrolíferas, no valor de cerca de 10 milhões de dólares, vai permitir "adquirir vacinas para 500 mil pessoas e comprar outros materiais de saúde".

"A contribuição da indústria petrolífera é muito valiosa", reforçou a governante, citada na mesma nota divulgada nas redes sociais.

O ministro dos Recursos Minerais e Petróleos, Diamantino Azevedo, agradeceu às empresas e apelou para uma "continuidade activa nesse processo".

Para o director-geral da Total Energies, e presidente da ACEPA, Olivier Jouny, "o acordo é mais um esforço na luta contra a covid-19".