Siemens reforça presença em Angola com rede de distribuidores nacionais

A Siemens reforçou a sua presença no país ao alargar a sua rede de parceiros na área da energia. A empresa alemã, com uma rede sólida de distribuidores angolanos, pretende garantir que a sua tecnologia chegue ao maior número de províncias e, consequentemente, a um maior número de angolanos.
:
  

Desta rede já fazem parte empresas como a Equipafro, Electropanga, Noantek e Sometim, que comercializam desde transformadores de distribuição a óleo, passando por equipamentos de baixa tensão, sistemas de corte e protecção, até quadros assemblados para as áreas da indústria e infra-estruturas, que incluem hotéis, condomínios residenciais, cimenteiras ou fábricas de bebidas. 

“Este reforço de parcerias com empresas angolanas permite-nos estar mais próximos dos nossos clientes, onde quer que eles estejam localizados”, afirmou Sérgio Filipe, CEO da Siemens Angola, acrescentando que “desta forma, as nossas soluções estão a ser utilizadas em projectos de modernização industrial, bem como na construção de infra-estruturas residenciais e turísticas, essenciais para Angola alcançar a tão desejada diversificação da sua economia”. 

Ao serem distribuidores Siemens, as empresas recebem formação sobre os sistemas, soluções e serviços da multinacional, bem como sobre os seus softwares utilizados por empresas industriais e de infra-estruturas de todo o mundo, refere um comunicado remetido ao VerAngola. 

São vários os projetos onde a Siemens está a participar através da sua rede de distribuidores e de parceiros. O condomínio Sol e o hotel Chicala Mar, de quatro estrelas, por exemplo, estão equipados com quadros de baixa tensão Siemens por intermédio do parceiro local Sometim. Outras empresas que já contam com as soluções da empresa são, por exemplo, a Cimangola e a Cimenfort, produtoras de cimento, ou a Sodiba, fábrica de cerveja.

Mais Lidas