Ver Angola

Comércio

Fazenda Tchela Macai vai aumentar produção de ananás para o dobro

O gerente da Fazenda Tchela Macai, Emanuel Matacano, revelou que o projecto agro-pecuário vai aumentar a sua produção de ananás para o dobro. A meta é fazer com que, a partir deste ano, a produção daquele fruto duplique de 50 para 100 toneladas por ano.

:

Situada na comuna do Sambo, na província do Huambo, a fazenda decidiu apostar na produção de ananás com vista em abastecer o mercado nacional e a ter um papel activo na diversificação da economia do país.

Emanuel Matacano, em declarações à Angop, explicou que para atingir a meta estabelecida, a fazenda tem prestado maior atenção à procura de mercado, com o objectivo de analisar o escoamento da produção e assim evitar que a fruta acabe por ficar a apodrecer na empresa.

A fazenda é composta por 252 hectares de terrenos cultiváveis, dos quis 75 são dedicados à produção de ananás. Conta ainda com seis hectares dedicados à produção de limão, cinco dedicam-se ao cultivo de banana, outros cinco são para abacate, quatro hectares contêm culturas de cana-de-açúcar, três têm cebola, dois são de goiaba e um hectar é usado para cultivar maracujá.

Geraldo Marques, engenheiro agrónomo, contratado de Cuba para tratar da produção, indicou que a fazenda produz a variedade de ananás do tipo Callena Lisa.

A produção tem tido bons resultados, disse Emanuel Matacano, acrescentando que a apanha do ananás está prevista para o final de Julho.

A construção de uma fábrica de processamento e fabrico de sumo é, de acordo com o gerente da fazenda, um dos maiores desafios do projecto.

O responsável fez ainda saber que a fazenda conta com a colaboração de 35 trabalhadores efectivos e 100 casuais.