Ver Angola

Comércio

Aniesa lança “Operação Baixa de Preços” para combater especulação

Com vista em travar o aumento da especulação de preços dos bens da cesta básica, a Autoridade Nacional de Inspecção e Segurança Alimentar (Aniesa) lançou, esta Quarta-feira, a “Operação Baixa de Preços”.

:

Vão participar na operação 120 inspectores da Aniesa, em colaboração com efectivos do Serviço de Investigação Criminal (SIC), anunciou Cristiano Francisco, director nacional adjunto da Aniesa, em conferência de imprensa.

Citado pelo Jornal de Angola, o responsável explicou que os inspectores vão fiscalizar situações em que a margem do lucro aplicada aos preços dos bens da cesta básica é mais alto que 20 por cento, admitindo que não será tarefa "fácil".

"O Sistema Nacional de Preços tem um regime de preços vigiados e, quando há um descontrolo, afecta o poder de compra, porque o kwanza está a perder o poder de compra, e alguém tem que travar essa situação", avançou o responsável, justificando assim o porquê daquela operação.

Considerou ainda que uma parte crucial da operação passa pelas denúncias. Cristiano Francisco pediu para que os consumidores, quando identificarem alguma irregularidade denunciarem a situação.

As denúncias podem ser feitas via telemóvel para os contactos da Aniesa (949 851 565 e 949 851 271).

De acordo com o Jornal de Angola, os números vão estar em funcionamento 24 horas por dia, permitindo assim aos consumidores apresentar queixas mesmo depois do comércio ter fechado.

Prevê-se que a "Operação Baixa de Preços" funcione, numa fase inicial, garantiu, durante 30 dias.