Ver Angola

Saúde

Médicos atendem mais 47 famílias do que o recomendado pela OMS: há um médico para 117 famílias no país

O número de médicos de família no país é bastante reduzido: para cada 117 famílias angolanas existe um médico disponível para atender necessidades básicas. A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que cada médico seja atribuído apenas a 70 famílias.

:

Feitas as contas, os médicos angolanos atendem mais 47 famílias do que o recomendado pela OMS.

De acordo com Israel Kussumua, presidente do colégio de especialidade da medicina geral e familiar da Ordem dos Médicos de Angola, o país conta apenas com 51 médicos especializados em medicina familiar – uma especialidade que se foca nos cuidados primários de saúde.

Em declarações ao Jornal de Angola, Israel Kussumua, explicou que a medicina geral é bastante importante para manter a população saudável e que é preciso investir no desenvolvimento dessa especialidade em Angola, porque só assim é que o país conseguirá garantir que a população se mantém saudável.

O responsável considerou que essa aposta iria ajudar o país a praticar um tipo de medicina mais preventiva, levando a que os custos gerados com a medicina de intervenção diminuíssem.