Ver Angola

Cultura

Memorial António Agostinho Neto inova e coloca colecção de arte online

O Memorial António Agostinho Neto decidiu entrar na onda da cultura à distância de um clique e disponibilizou uma colecção de arte ‘online’. A mostra, chamada “Com os olhos secos”, ficou esta Quinta-feira disponível nas plataformas digitais da instituição, podendo ser visitada pelo público a qualquer hora e em qualquer lugar.

:

A decisão de criar esta colecção 'online' prende-se com o facto de a instituição se querer adaptar à cultura digital, cuja importância se evidenciou durante este período do estado de emergência por causa da pandemia de covid-19.

O principal objectivo da exposição passa pela divulgação de trabalhos de artistas nacionais. Segundo explica a instituição no seu Facebook, a exposição é composta por uma colectânea de obras de vários artistas que, desde que a instituição abriu, já tiveram as suas obras expostas no Memorial Agostinho Neto.

"​Ao contrário das colecções privadas que, normalmente, refletem o gosto do coleccionador e a maneira como ele se relaciona com a produção artística e os criadores do seu tempo, as colecções públicas, como é o caso da Colecção Memorial Dr. António Agostinho Neto mostra, por um lado, o nível em que se encontravam os artistas na época em que expuseram nas nossas salas", explica a instituição.

Aqui encontrará obras de artistas como Cristiano Mangovo, Guilherme Mampuya, Fineza Teta, Álvaro Macieira, Guizef, Paulo Amaral, Maiomona Vua, Albino da Conceição, Zélia Ferreira e Ernesto Airosa Gonçalves.

Caso tenha interesse em visitar a colecção poderá fazê-lo através do Facebook ou do site da instituição.