Ver Angola

Economia

Angola e Equador com acordo geral para cooperação económica e científica

Os governos de Angola e do Equador estabeleceram três instrumentos jurídicos para reforçar a cooperação bilateral, nomeadamente um acordo geral envolvendo áreas técnicas, de cooperação científica e de índole cultural.

:

Os acordos foram rubricados ontem, dia 19, em Luanda pelos chefes da Diplomacia dos dois países, no âmbito da visita que o ministro das Relações Exteriores e Mobilidade Humana do Equador, Ricardo Patiño Aroca, iniciou à capital angolana.

Além do Acordo Geral Económico, Técnico, Científico e Cultural, os dois governos avançaram ainda com a assinatura de um Memorando de Entendimento para o estabelecimento de mecanismos de consultas públicas bilaterais, bem como com um acordo de isenção de vistos em passaportes diplomáticos e de serviço.

"Os acordos vão permitir que outros sectores do nosso Governo possam agora cooperar numa base legalmente estabelecida (...) E pelas conversas que tivemos hoje, há uma grande abertura da parte equatoriana para que até estudantes angolanos possam prosseguir os estudos (no Equador) no sector universitário", disse o ministro das Relações Exteriores de Angola, Georges Chicoti, no final da cerimónia.

O ministro das Relações Exteriores e Mobilidade Humana do Equador iniciou ontem uma visita de dois dias a Luanda, tendo anunciado que o país ultima a abertura de uma representação diplomática na capital angolana, o mesmo estando a ser preparado por Angola na cidade de Quito, capital equatoriana.

Ricardo Patiño Aroca acrescentou que os acordos rubricados vão envolver sobretudo as áreas da educação, dos petróleos, da produção e do comércio, e que vão "beneficiar os dois povos".

Do programa da visita de Ricardo Patiño Aroca, que prossegue hoje, constam ainda reuniões de trabalho com o ministro dos Petróleos de Angola, Botelho de Vasconcelos, e com o presidente da empresa pública petrolífera Sonangol, Francisco de Lemos José Maria.

Estão agendados igualmente encontros do governante com os ministros do Ambiente, da Cultura e da Ciência e Tecnologia.

Angola e o Equador estabeleceram relações diplomáticas em 1997.