Aviação militar angolana reforçada com seis caças no segundo semestre

Seis aviões vão reforçar a aviação militar angolana ainda este ano. São caças Sukhoi Su-30 que já pertenceram à Força Aérea da Índia e que devem chegar ao nosso país a partir do segundo semestre.
:
  

Esta será a primeira entrega do negócio assinado em Outubro de 2013 com a empresa russa de exportação do sector de defesa da Rússia, Rosoboronexport, no valor de mil milhões de dólares. O acordo prevê ainda a entrega de mais seis caças do mesmo modelo, que também estiveram ao serviço da Índia, explica o jornal Rede Angola, de acordo com a informação do site AIN (Aviation International News).

Desta forma, Angola vai passar a ser o terceiro país do continente africano a operar caças da série Sukhoi Su-30, depois da Argélia e Uganda. Os aviões em segunda-mão, e que originalmente estavam destinados a equipar a Força Aérea Bielorussa, passaram por um programa de revisão e reparação na fábrica que a Sukhoi tem naquele país.

De acordo com a notícia do Rede Angola, esta venda poderá servir de montra para conseguir outras encomendas em África, o que leva a Sukhoi a apostar fortemente neste negócio com Angola.

Mais Lidas