Ver Angola

Lazer

Tchizé dos Santos pede “restart” e cita ex-vice-Presidente afirmando que “nesta guerra não há vencedores”

Tchizé dos Santos pediu para que seja feito um “restart” à sua família, “deixando o passado para trás”. A irmã de Isabel dos Santos recorreu às redes sociais para fazer o apelo, defendendo que “mais importante do que buscar culpados é buscar soluções para a melhoria da vida dos angolanos e estabilidade social”.

:

Na sua publicação, a filha do antigo Presidente, José Eduardo dos Santos, chega mesmo a citar o ex-vice-Presidente, Manuel Vicente, afirmando que "nesta guerra não há vencedores".

"Já dizia numa entrevista o engenheiro Manuel Vicente em reação às acusações feitas pela defesa de Isabel dos Santos: "Nesta guerra não há vencedores"", pode ler-se na publicação.

A irmã de Isabel dos Santos, acrescenta ainda que quem está a perder com esta situação é Angola.

"Quem está a perder é Angola. Há reconciliações que valem a pena...", escreve.

Frisando que nos encontramos no mês da paz, Tchizé dos Santos diz que é tempo de "reflectir como angolanos o que queremos para o nosso país".

A filha do ex-Presidente, diz ser tempo de se "repetir a cerimónia de 4 de Abril de 2002 no Parlamento", apelando a que seja feito um "restart, deixando o passado para trás".

Considera ainda que "mais importante do que buscar culpados é buscar soluções para a melhoria da vida dos angolanos e a estabilidade social" e que se não se acabar com "essa luta de titãs" deixará de existir "condições para que a economia cresça".

"Se da Catalunha em Espanha e do Reino Unido (que estão na Europa) fugiram investidores devido a instabilidade e incerteza política, quem irá continuar a investir em projectos de médio-longo prazo em Angola que está em África, sabendo que há intolerância política e fragmentação nos principais partidos políticos?", questiona, finalizando que tem de se pensar no futuro e tentar encontrar soluções.