Ver Angola

Transportes

EuroAtlantic transportou passageiros entre Holanda, Guiné-Equatorial, Angola e Portugal

A companhia aérea portuguesa euroAtlantic realizou na noite de Sábado um voo, fretado pelo Amelia, que transportou passageiros entre Holanda, Guiné Equatorial e Angola, e que no regresso a Lisboa trouxe também pessoas a bordo, anunciou a empresa.

:

"Um avião da euroAtlantic airways (EAA) de matrícula portuguesa Boeing B767-300ER posicionado no Aeroporto de Amesterdão Schiphol [Holanda] (...) vai voar para o Aeroporto 4 de Fevereiro (...), em Luanda, (...) e fará uma escala no Aeroporto Internacional de Malabo, na ilha de Bioko, Guiné-Equatorial, frente a São Tomé e Príncipe", afirmou a empresa num comunicado emitido na Sexta-feira ao final da noite.

De acordo com a mesma nota, "o avião português, em Malabo, vai desembarcar e recolher passageiros, seguindo depois para o destino final, Luanda".

"O voo fretado pelo Amelia, do grupo aeronáutico francês Regourd Aviation, regressa depois a Lisboa com passageiros", adiantou.

O avião estava previsto chegar ao final da tarde de Sábado ao Aeroporto Humberto Delgado, na capital portuguesa adianta a euroAtlantic.

A 22 de Abril, um voo da companhia aérea portuguesa euroAtlantic já tinha transportado para Luanda uma carga de material sanitário, que incluía testes à covid-19, uma ajuda do Brasil para Angola, anunciou na altura a empresa em comunicado.

"Uma aeronave da companhia portuguesa euroAtlantic airways (EAA) posicionada no Brasil descolou esta Terça-feira (21) do Aeroporto Internacional de São Paulo para Angola, Aeroporto Internacional 04 de Fevereiro (LAD), em Luanda, transportando carga sanitária, que na actual crise do novo coronavírus, vai suprimir necessidades naquele Estado da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)", refere a empresa no comunicado divulgado na noite de Terça-feira.

A companhia portuguesa também já tinha operado, a partir de Luanda, no fim-de-semana anterior, um voo de repatriamento de cidadãos brasileiros que trabalhavam em Angola.

Relacionado