Ver Angola

Saúde

Covid-19: não há novos casos mas Governo comprou 380 ventiladores

O Governo continua a agir de forma a tentar minimizar os efeitos do covid-19 no país, com a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, a anunciar a aquisição de 380 ventiladores para os hospitais.

:

Em conferência de imprensa esta Sexta-feira, a titular da pasta da saúde deu ainda conta de que está prevista a chegada, na próxima semana, de médicos cubanos para ajudar no combate à epidemia em Angola. A ministra avançou ainda que os profissionais de saúde virão a pedido do Governo, mas não precisou números.

Sílvia Lutucuta revelou que existem quatro angolanos internados com a doença no estrangeiro. Dois encontram-se em Portugal e dois na China. Há também um caso suspeito na África do Sul. Avançou ainda, citada pela Angop, que morreu em França um padre angolano, também vítima de covid-19.

A também porta-voz da Comissão Multissectorial para Resposta à Pandemia, fez questão de sublinhar que Angola é o único país no mundo com um modelo de quarentena institucional obrigatória, de forma a isolar e controlar pessoas suspeitas.

Ainda na mesma conferência de imprensa, Pedro Sebastião, ministro de Estado e Chefe da Casa de Segurança do Presidente da República, fez saber que o país matém os oito casos positivos de covid-19, não tendo existido nas últimas 24 horas mais casos confirmados da doença. Estes oito casos resultam em cinco cidadãos em tratamento, um recuperado e dois óbitos.

Quinhentas pessoas que mantiveram contacto com os oito pacientes diagnosticados com o novo coronavírus estão em acompanhamento activo pelas autoridades de saúde.

Fez ainda saber que existem, no momento, 162 casos supeitos. O país tem 441 pessoas em quarentena institucional e 818 em quarentena domiciliar.

Relacionado