Ver Angola

Tecnologia

Investimento de 19,5 milhões garante polo tecnológico de comunicações em Luanda

Um grupo privado nacional de telecomunicações negociou com o Governo um investimento de mais de 19 milhões de dólares para instalar em Luanda um polo tecnológico, contratando mais 20 trabalhadores especializados.

:

Segundo o contrato de investimento entre o grupo Angola Comunicações & Sistemas (ACS) e a Unidade Técnica para o Investimento Privado (UTIP), de 7 de Abril, a que a Lusa teve acesso, com este projecto a empresa prevê acrescentar 20 postos de trabalho para nacionais aos 71 com que já conta, além de gerar um Valor Acrescentado Bruto (VAB) superior a 9,1 milhões de dólares no ano de 2019.

Prevê o fornecimento de sistemas de redes de comunicações privativas, circuitos dedicados de transmissão de dados e soluções de conectividade da banda larga a clientes corporativos ou empresariais "em todo o território nacional", num investimento de 19,5 milhões de dólares.

"Consubstanciado na construção de um Polo Tecnológico de Telecomunicações", a implementar no bairro do Benfica, Luanda, "destinado a funcionar como suporte" para a empresa.

Em contrapartida, a UTIP, em representação do Estado, concede, ao abrigo deste contrato de investimento e da legislação sobre investimento privado, incentivos fiscais à ACS, que passam pela redução de 35 por cento no pagamento dos impostos Industrial, Sobre Aplicação de Capitais e de aquisição de terrenos e imóveis (Sisa), por um período de seis anos.

Para fornecer serviços em todo o país, a ACS refere ter uma "relação muito próxima e acordos de transmissão com operadores de comunicação a nível nacional e internacional", garantindo assim "ligações para qualquer parte de Angola".