Gisela’s Gourmet: um espaço ousado, criativo e arrojado que combina tradição com modernidade

É um dos mais recentes restaurantes de Talatona e a gastronomia gourmet internacional e fusão são as marcas do espaço, composto também por uma padaria e pastelaria. São várias as especialidades do menu, assim como as opções na carta de vinhos, com realce para os portugueses e franceses. No Gisela’s Gourmet são os produtos nacionais que têm um papel de destaque na confecção dos pratos, assim como os tradicionais, que são incorporados nas receitas criadas. Acreditam que o segredo do sucesso está na experiência única que proporcionam a quem os visita e, para o futuro, prometem surpreender ainda mais, sempre com empenho e determinação no que fazem.
:
  

Qual o conceito do Gisela’s Gourmet? Que tipo de gastronomia exploram?

O nosso conceito é ousado pois somos três em um: restaurante, padaria e pastelaria. Todos os produtos são confeccionados “in-house” diariamente, mantendo assim a qualidade pretendida. Quanto ao restaurante servimos comida gourmet internacional e fusão, que é uma das vantagens deste conceito de serviço, satisfazendo assim os nossos clientes, da melhor forma.

De todo o menu do espaço, quais são os pratos que fazem mais sucesso? E quais são as especialidades da casa?

O nosso menu é bastante abrangente, pois o serviço é contínuo, inclui pequeno-almoço, almoço e jantar. Todos os pratos fazem bastante sucesso entre os nossos clientes, por isso torna-se difícil apontar pratos específicos, mas para citar alguns começamos pelos peixes grelhados do dia, os spring rolls e o nosso delicioso Gisela’s cheeseburger. Como especialidade podemos apontar o lombo de atum à Gisela´s e as afamadas chamuças de pato. Não esquecendo a nossa pastelaria, que dispõe de uma elevada gama de produtos de alta qualidade, confeccionados diariamente, onde podemos destacar os nossos famosos pastéis de nata, que são sempre muito elogiados.

O que há mais na ementa do Gisela’s?

Da ementa, os clientes podem deliciar-se igualmente com o nosso saboroso choco frito, com molho especial, bem como o nosso filé mignon. Como se não bastasse, temos ainda a sugestão do chef, que varia todos os dias para surpreender os nossos clientes.

Para acompanhar as iguarias do espaço, o que se destaca na garrafeira do Gisela’s Gourmet?

Na nossa garrafeira, temos um leque variado de vinhos portugueses e franceses, para acompanhar os nossos deliciosos pratos. Temos também vermutes diversos, bem como whiskys e champagnes especiais. De realçar que temos igualmente alguns cohibas e davidoffs, disponíveis para os apreciadores de bons charutos.

Porquê a escolha do Chef João Minguito para gerir a equipa?

O Chef João Minguito destacou-se entre os demais pela sua criatividade e ambição de melhorar cada vez mais. Com a ousadia do nosso conceito, precisávamos de alguém igualmente arrojado, e com extrema capacidade para o uso de ingredientes nacionais. A sua forma destemida de encarar os desafios que lhe são colocados, é exactamente o que nós precisamos...

Num espaço que prima pela elegância e qualidade, os produtos utilizados para a confecção dos pratos são todos gourmet, ou há espaço para os mais tradicionais e locais?

Para além de produtos gourmet utilizamos também produtos nacionais. Acreditamos que é possível encontrar produtos nacionais de boa qualidade, e primamos sempre por trabalhar com ingredientes o mais frescos possível. Gostamos também de incorporar produtos tradicionais nas nossas receitas, pois estes permitem explorar a nossa criatividade, e ao mesmo tempo mantêm-nos perto dos sabores da terra.

Qual o preço médio de uma refeição no restaurante?

Os nossos preços são acessíveis, tendo em conta toda a envolvente do nosso espaço. Podemos considerar a nossa média como 4500 kwanzas. Temos pratos mais económicos e pratos mais caros, mas sempre com a qualidade e elegância da nossa marca.

A decoração do espaço é muito elogiada pela sua elegância e bom gosto. Qual foi a inspiração para decorar o Gisela’s e o que tentaram transmitir com as escolhas?

A decoração é o reflexo da visão dos sócios. Para além da elegância e bom gosto, a ideia era criar um espaço aconchegante, agradável e único longe da agitação de Luanda. Cada detalhe foi cuidadosamente estudado, para proporcionar aos nossos clientes momentos agradáveis, com um toque de modernidade. O amor por viagens está na base da inspiração da decoração do espaço. Tentamos trazer um pouco do mundo para Angola, transmitindo assim um sentimento de nostalgia.

O Gisela’s Gourmet é um dos mais novos restaurantes de Talatona. Que balanço fazem desde a abertura até agora?

Estamos abertos há pouco menos de um ano e podemos dizer que o nosso balanço é positivo, em termos de aprendizagem. Nestes últimos meses aprendemos bastante, e acreditamos estar a caminhar firme e forte, para alcançar os nossos objectivos de fazer do nosso restaurante, uma referência em Luanda, e não só...

Apesar de ser um espaço ainda muito recente, já conquistou o paladar dos angolanos, pois são vários os elogios por parte de quem frequenta o Gisela’s Gourmet. Qual o segredo do sucesso?

O segredo, nós acreditamos que está na nossa visão, que é oferecer aos nossos clientes um serviço personalizado e uma experiência única. Valorizamos o feedback, procurando melhorar os nossos serviços, cada vez mais, e acreditamos que o nosso esforço e determinação tornam-se evidentes, satisfazendo assim a todos que pela nossa porta entram.

Em que é que o Gisela’s marca pela diferença, em relação a outros restaurantes de Talatona?

Acreditamos que nos destacamos, dos demais restaurantes das redondezas, pelo nosso serviço personalizado, e pela nossa cozinha inovadora. A versatilidade do nosso espaço, embora com capacidade limitada, aliada ao nosso requinte e alta qualidade, são também pontos fortes que nos diferenciam.

Estrearam-se este ano no evento gastronómico mais esperado, o Angola Restaurant Week. Como foi a experiência? Superaram as expectativas?

A experiência do Angola Restaurant Week foi boa, aprendemos bastante, conhecemos muita gente nova e acima de tudo divertimo-nos muito. Fomos testados a todos os níveis, e acho que para nós, como uma equipa jovem, foi muito bom. As expectativas foram atendidas e fizemos a nossa parte, em dar o nosso contributo para apoiar uma causa social. Trabalhar para ajudar o próximo é sempre uma experiencia gratificante, e uma autêntica lição de humildade.

Para terminar, quais os planos para o futuro? Há novidades a caminho do espaço?

Com certeza! Podem esperar por algumas surpresas, pois estamos apenas a começar. Pretendemos dinamizar mais o nosso espaço, e sendo assim temos algumas novidades a caminho...

Galeria

Mais Lidas