Ver Angola

Sociedade

Actividades religiosas suspensas. Não há missas nem funerais

A Igreja Católica anunciou a suspensão de várias actividades religiosas, incluindo missas e funerais, a partir desta semana, seguindo indicações do Governo e da Organização Mundial da Saúde (OMS) para conter a pandemia do novo coronavírus.

:

“São suspensas, por um período de 15 dias, a partir do dia 23 de Março, as actividades religiosas da Igreja Católica, nomeadamente as missas dominicais e semanais, as confissões, a Via-sacra, os retiros, as peregrinações, as visitas aos santuários, as vigílias, os ensaios de grupos corais, a catequese, os encontros de grupos e movimentos apostólicos, tanto na igreja como noutros locais”, referiu um comunicado da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST).

A celebração de funerais que pressuponham o ajuntamento de pessoas também fica suspensa.

Em consonância com o comunicado pelo Ministério da Educação do país, o documento apontou também que ficam suspensas “todas as aulas nas escolas católicas, creches e jardins de infância”, também por um período 15 dias, a partir de Terça-feira, uma medida que afeta também a Universidade Católica de Angola e dos institutos superiores católicos.

A CEAST apelou a que se continue a quarentena em seminários, internatos e casas de formação e que se evite o contacto com o exterior, dispensando-se os trabalhadores não essenciais das comunidades religiosas.

Para as celebrações da semana santa, que antecede a Páscoa, a 12 de Abril, a organização religiosa referiu que as celebrações “serão à porta fechada, sem ajuntamento de fiéis”.

No comunicado, a CEAST incentiva a população a acompanhar as celebrações religiosas através de meios como a rádio, a televisão ou as redes sociais.

Relacionado