Ver Angola

Saúde

Ministra da Sáude anuncia sete novos casos suspeitos de Covid-19

Depois de efectuados os últimos testes de despiste no início da semana – todos com resultados negativos – Angola depara-se agora com sete novos casos suspeitos de contracção da doença Covid-19, causada pelo coronavírus.

:

Em conferência de imprensa esta Quinta-feira em Luanda, a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, adiantou que os novos suspeitos fazem parte de um grupo integrado por angolanos, portugueses e americanos.

A titular da pasta da Saúde adiantou ainda que estes suspeito estão sob o controlo das autoridades sanitárias, tendo já sido testados. Aguardam-se agora os resultados das análises laboratoriais e a confirmação de se contraíam, ou não, o vírus.

Angola, sem casos confirmados da doença, desenvolve ações de sensibilização e reforço das medidas de vigilância epidemiológica nos 32 pontos de entrada espalhadas pelo país.

As autoridades nacionais decretaram, a partir de Sexta-feira, a proibição de viagens aéreas, marítimas e terrestres de e para o país, durante 15 dias, como medida cautelar à Covid-19.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, infetou mais de 210 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 8750 morreram. Das pessoas infectadas, mais de 84.000 recuperaram da doença.

A China anunciou esta Quinta-feira não ter registado novas infecções locais nas últimas 24 horas, o que acontece pela primeira vez desde o início da pandemia. No entanto registou 34 novos casos importados.

O surto começou na China, em Dezembro, e espalhou-se já por 173 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia.


Relacionado