Ver Angola

Energia

Standard & Poor’s: Angola entre os países africanos mais afectados pela queda no petróleo

A agência de notação financeira Standard & Poor’s (S&P) reviu a previsão de evolução do preço do petróleo para 40 dólares este ano, salientando que em África a Argélia, Nigéria e Angola serão os mais afectados.

:

"Revimos a nossa previsão de preço do petróleo para este ano, de 60 dólares por barris para 40 dólares, a Argélia, Nigéria e Angola serão provavelmente os mais afectados devido à contribuição material que o petróleo faz para as suas exportações", lê-se numa nota de análise sobre o impacto do novo coronavírus em África.

No documento, enviado aos investidores e a que a Lusa teve acesso, explica-se que "países onde o número de infecções é alto ou em rápida subida, como é o caso da China, Coreia, Itália, França, Alemanha, Espanha, Irão e Estados Unidos da América, entre outros, representam cerca de 42 por cento das exportações africanas".

Sendo previsível que as importações diminuam devido às medidas restritivas da actividade económica nesses países, a S&P alerta que os países serão impactados devido à impossibilidade de obterem receitas através das exportações de matérias-primas.