Ver Angola

Desporto

Toni Cosano despedido do Petro de Luanda

O treinador do Petro de Luanda, Toni Cosano, vai deixar o comando do clube, depois de ter sido despedido esta Quarta-feira. O despedimento surge na sequência dos consecutivos maus resultados que a equipa tem vindo a somar nos últimos tempos.

:

A informação foi avançada pelo presidente do clube, Tomás Faria, que revelou que o técnico vai ser substituído pelo antigo jogador do Petro de Luanda e treinador Bondunha, até então responsável pela coordenação das camadas de formação do clube.

"Caros sócios, adeptos, comunidade desportiva e público no geral estamos aqui hoje, neste dia, 24 de Fevereiro de 2021, para tomar mais uma daquelas decisões que nunca são fáceis. Sabemos que o que é fácil é convidar e terminar é sempre complicado", começou por dizer Tomás Faria, em conferência de imprensa.

Esta conferência de imprensa serve para anunciar a "rescinsão do contrato amigável com o treinador António Cosano", disse o responsável.

O contrato termina "numa altura em que decorre quer o campeonato quer a liga dos clubes campeões", mas, por razões de força maior, o clube foi obrigado a rescindir o contrato, terminou.

Toni Cosano foi contratado em 2017 do Barcelona (Espanha) para o Petro. O treinador acabou por assumir a liderança da equipa nas épocas 2018/2019 e 2019/2020. 

Na semana passada, apesar dos maus resultados, a direcção do cube deu-lhe um conto de confiança, mas esta Quarta-feira a direcção voltou atrás e decidiu despedir o técnico.

Relacionado