Ver Angola

Telecomunicações

Unitel anuncia bolseiras que voltam a integrar programa “Mulheres para o Futuro”

Mais de 60 por cento das estudantes da primeira edição do programa de bolsas de estudo da Unitel “Mulheres Para o Futuro” tiveram aproveitamento positivo no ano lectivo de 2019. Das 50 bolseiras seleccionadas, 31 irão manter a bolsa durante o ano lectivo 2020, de acordo ao regulamento do programa.

:

Deste grupo, quatro bolseiras foram aprovadas com nota igual ou superior a 17 valores nomeadamente:

 

Bolseira  Ano  Curso Média  Instituição de ensino 
Zenaida Borges Marta 2.º ano  Eng.ª Electrotécnica de Telecomunicações  17,5  Instituto Politécnico Catepa, Malanje 
Marla Alfredo Cabila 3.º ano  Eng.ª Informática  17,4  Universidade Lusíada de Angola, Luanda
Eveline Guilherme Clemente  3.º ano  Eng.ª Mecânica 17,3  ISPTEC, Luanda
Yango André Ndofula 1.º ano  Eng.ª Informática de Telecomunicação  17  Universidade Óscar Ribas, Luanda

Este ano, a título excepcional, a Unitel estendeu a continuidade da bolsa a oito estudantes que obtiveram médias finais entre 13,9 e 13, fruto do desempenho e melhoria dos resultados ao longo do ano, refere um comunicado remetido ao VerAngola.

No final do ano lectivo 2020, estas bolseiras terão que obter médias finais de no mínimo 14 valores para manterem as bolsas.

Entretanto, 19 estudantes perderam a bolsa por apresentarem notas inferiores a 13 valores.

As finalistas Alda Marlene Muatchianga e Marina da Silva António, estudantes do 4.º ano dos cursos de Informática e Ciências da Computação, respectivamente, no Instituto Superior Politécnico Metropolitano de Angola, concluíram o ano com 16 valores e foram convidadas pela Unitel a integrar o ‘Top Students’, um programa de estágio desenvolvido pela empresa desde 2012, a que estão aptos os melhores estudantes universitários do país.

Durante seis meses, irão beneficiar de um estágio remunerado, e caso alcancem um aproveitamento de 75 por cento ou superior, receberão um contrato de trabalho.

Provenientes das províncias de Luanda, Malange e Huila, todas as bolseiras beneficiaram do suporte de um mentor Unitel para orientação dos estudos e carreira, assim como um subsídio de bolsa para cobrir despesas gerais, como alimentação e transporte.

“Felicitamos as bolseiras que alcançaram excelentes resultados, demonstrando assim ética de trabalho e perseverança. Além de ter boas notas, queremos que a bolseira seja uma cidadã de boa índole e represente os valores da Unitel. O foco nos estudos, a busca pelo conhecimento e a excelência são os elementos mais importantes nesta trajectória. A aprendizagem proporcionada pelo programa de bolsas irá munir estas mulheres com as ferramentas necessárias para que possam assegurar o seu desenvolvimento profissional e pessoal”, afirma Eunice de Carvalho, directora-geral adjunta para Assuntos Corporativos da Unitel.

O programa “Mulheres para o Futuro” foi lançado em Novembro de 2018 e disponibiliza 50 bolsas anuais para mulheres entre os 18 e os 25 anos nas áreas das Telecomunicações e Tecnologias de Informação.

As 50 estudantes selecionadas para a edição 2020 do programa serão anunciadas em Abril.