Ver Angola

Política

MPLA rejeita proposta para repatriamento de cidadãos angolanos na China

A bancada parlamentar do MPLA terá rejeitado uma proposta da oposição que pedia o repatriamento dos cidadãos angolanos na China.

:

Recusando a proposta — que pedia ao Governo a organização do repatriamento dos cidadãos que se encontram no país afectado pelo coronavírus e queiram regressar a Angola — a Assembleia Nacional aprovou apenas uma resolução de solidariedade para com os angolanos na China, exclusivamente com votos do MPLA.

De acordo com o VOA, a UNITA subscreveu o apelo da CASA-CE, que sugeria acrescentar ao documento a necessidade imperiosa de o Governo ‘mandar buscar’ os angolanos que estão na China.

“Isto é gravíssimo, o dinheiro que recebemos na negociação com a China é mais importante que a vida? Se os outros países estão a ir buscar os seus, nós não porquê?”, questionou um deputado da UNITA, citado pelo VOA.

Já o líder parlamentar da CASA-CE, bancada de onde surgiu a proposta, afirmou que os angolanos na China têm manifestado vontade de regressar ao país, sendo que a sua continuidade na China acarreta perigos para a saúde dos cidadãos. "Nós defendemos a sua evacuação imediata mas a bancada do MPLA não entende assim”, criticou Alexandre Sebastião André.

Um dos deputados da bancada parlamentar do MPLA, Manuel da Cruz Neto, afirmou que a decisão cabe ao Governo, e não ao Parlamento: “Não podemos dizer ao Executivo o que fazer, sabemos que o Governo vai fazer o que tiver a fazer”.

Relacionado