Moeda fechou semana com novos mínimos históricos face ao euro

A moeda nacional fechou a semana ao registar na Sexta-feira mínimos históricos face ao euro, ao transaccionar-se de manhã a 359,982 kwanzas e, no fim do dia, a 359,919 kwanzas, de acordo com dados do Banco Nacional de Angola.
:
  

Segundo o banco central, a moeda, depois de atingir a 12 deste mês um pico de 359,237 kwanzas/euro, foi-se apreciando ao longo da semana passada, tendo-se situado na Quarta-feira nos 357,687 kwanzas/euro, regressando à trajectória de depreciação na Quinta e Sexta-feira.

Há um ano, face ao pico da crise económica que o país então vivia, as autoridades começaram a vender aos bancos comerciais as divisas em leilão, primeiro trissemanais e actualmente diárias, com a moeda a transaccionar-se, então, a 185,40 kwanzas/euro. Desde essa altura, o kwanza depreciou-se 48,498 por cento. 

Em relação ao dólar, a moeda angolana, que se tem mantido relativamente estável nos últimos três meses, variando entre os 311 e os 315 kwanzas/dólar (mínimo atingido em Novembro de 2018), abriu e fechou Sexta-feira nos 313,819 kwanzas.

Tendo em conta o dia em que começaram as vendas de divisas em leilão à banca comercial, a 9 de Janeiro de 2018, quando se transaccionava a 165,92 kwanzas/dólar, a moeda depreciou-se 47,128 por cento desde então. 

No mercado paralelo, o euro está a transacionar-se entre os 450 e 470 kwanzas, enquanto o dólar se troca entre os 390 e 410 kwanzas.

Sexta-feira, o BNA adiantou que vai colocar este mês no mercado 700 milhões de dólares através de leilões de preço (venda de divisas) e de quantidade (plafonds para cartas de crédito).

Num comunicado, o banco central adianta que a venda em leilão manterá a frequência diária e destina-se a todas as finalidades, incluindo liquidação de cartas de crédito, atendimento às casas de cambio e operadoras de remessas.

Em Janeiro, o BNA anunciou inicialmente que iria disponibilizar ao longo do mês idêntico, 700 milhões de dólares, mas, segundo os dados disponibilizados pelo banco central, contabilizados pela Lusa, o valor atingiu 896 milhões de dólares.

Sexta-feira, primeiro dia de fevereiro, o BNA disponibilizou 25 milhões de dólares.

Mais Lidas