Início da segunda volta do Girabola com empate do líder e três jogos adiados

O 1.º de Agosto e o Interclube de Luanda empataram a zero, na 16.ª jornada do campeonato nacional de futebol, que abriu a segunda volta e ficou marcada pelo adiamento de três jogos.
:
  

Na capital, o empate no dérbi entre agostinos e o Interclube permitiu ao 1.º de Agosto (34 pontos) consolidar a liderança do Girabola, embora o Petro de Luanda (31) tenha adiado o jogo com o Recreativo do Libolo, devido à participação nas Afrotaças - Domingo recebe os egípcios do Zamalek, para a quarta jornada do Grupo D da Taça CAF.

Outro dos encontros adiados foi o Bravos do Maquis frente ao terceiro classificado, o Desportivo da Huíla, enquanto o Atlético Sport Aviação (ASA) não se deslocou ao Dundo (Lunda Norte) para defrontar o Sagrada Esperança devido à greve dos jogadores, que reclamam pelo menos cinco meses de salários em atraso.

Agendado para as 15h00, a formação anfitriã ainda efectuou os exercícios de aquecimento no terreno do jogo, para cumprir o regulamento, aguardando pela chegada dos aviadores.

A equipa de arbitragem indicou que vai aguardar por uma decisão da Federação Angolana de Futebol (FAF) para saber se há a possibilidade de o encontro se disputar Quinta-feira.

Aos jornalistas, o director para o futebol do Sagrada Esperança, Henriques Lucari, afirmou também aguardar pela decisão da FAF, já que não recebeu qualquer comunicação por parte do ASA.

A equipa de futebol do ASA está em greve desde o fim da primeira volta da competição, a 7 de Fevereiro, com os jogadores e técnicos a reclamarem pagamentos de prémios de jogos e salários de mais de cinco meses em atraso.

A direcção da colectividade, que foi três vezes campeã, já reconheceu publicamente a dívida, mas declara-se "impotente" para ultrapassar a situação "enquanto as empresas patrocinadoras não honrarem os compromissos" com o clube.

Mais Lidas