Ver Angola

Gastronomia

Gourmandise Chocolates: delicias artesanais com selo made in Angola

Nasceram em 2010, bombom a bombom. E foram crescendo – em quantidade, qualidade e sempre em doçura – até que se transformaram naquilo que é hoje a Gourmandise Chocolates. Depois de ter vivido na Suíça e provado aquele que é o mais conhecido dos seus produtos, Song Livramento teve a ideia de trabalhar o chocolate artesanalmente e com a oferta local, na cidade que a viu nascer, Luanda. O resultado? Chocolates artesanais, 100 por cento angolanos e feitos, sobretudo, com o coração.

:

“A ideia surgiu na época da Páscoa, em que os mais pequenos me pediram para fazer bombons e chocolates. Como era algo em que já tinha pensado, aproveitei a dica e fui comprar o material de que precisava”, explica ao VerAngola a empreendedora. Apesar de ainda não se dedicar a tempo inteiro aos doces, mantendo um emprego na área dos recursos humanos numa das maiores petrolíferas a operar no país, Song admite que esta é “uma grande paixão” e algo que lhe dá “muito prazer”.

Depois de uma pequena pausa, a Gourmandise Chocolates prepara um regresso em força, impulsionado já com as muitas encomendas para adoçar o São Valentim dos angolanos. Os chocolates são totalmente artesanais, já que todos eles são confeccionados manualmente por Song. Também todos os produtos, apesar de alguns terem de ser importados, são adquiridos em Angola.

Sem formação específica na área, Song trabalha sozinha, em sua própria casa, procurando entre experiências e combinações aperfeiçoar a sua técnica. “Sou eu própria que faço tudo. Desde a escolha do chocolate, às combinações de recheios e até algumas experiências. Por exemplo, já fiz tabletes de chocolate recheadas, que depois parti aos bocados, para uma apresentação diferente”, explica. Para além de tabletes a Gourmandise oferece ainda bombons e as muito apreciadas chocomensagens, que são tabletes de chocolate 100 por cento personalizáveis, à medida da mensagem que cada cliente quer transmitir.

Chocolate preto, chocolate de leite, amêndoas, passas, nozes e a muito angolana paracuca são alguns dos recheios disponíveis nos produtos de Song. O ganache – uma mistura cremosa de chocolate e creme de leite – é um dos sabores que tem vindo a trabalhar e uma das grandes tendências europeias no mundo da pastelaria. “Gostaria que os angolanos pudessem conhecer um bocadinho do que se faz pela Europa neste campo”, afirma.

Já que a Gourmandise deixa um toque pessoal em tudo o que faz, as caixinhas onde os doces são colocados também são personalizadas pela empreendedora e nunca há duas iguais, existindo sempre pequenos pormenores que distinguem cada embalagem.

E como este é um sonho que ainda não parou de crescer, o próximo passo pode passar mesmo pela abertura de uma boutique de chocolate em Luanda. “É um desejo que espero muito vir a concretizar. O negócio está a crescer e gostava que ele pudesse ter um espaço físico em Luanda”, afirma. Se assim for, confirma-se, a capital está cada vez mais doce...