Vinhos sul-africanos à conquista de Angola

A WOSA - Wines of South Africa, entidade responsável pelas exportações de vinho sul-africano, reforça aposta e investimentos em Angola e apresenta pelo quinto ano consecutivo os seus néctares aos amantes do vinho. À tradicional Grande Prova de Vinhos, juntam-se este ano mais dois eventos: um Curso de Introdução aos Vinhos da África do Sul, para profissionais, e um Jantar Vínico, dirigido ao público em geral.
:
  

Refere um comunicado remetido ao VerAngola que os vinhos produzidos na África do Sul querem conquistar cada vez mais consumidores angolanos, com o objectivo de reforçar a sua quota de mercado em Angola. A estratégia passa por um reforço do investimento na promoção e divulgação dos vinhos sul-africanos no nosso país. Com este objectivo, a WOSA, organização não lucrativa da indústria vinícola responsável pela exportação do vinho sul-africano para mercados internacionais chave, organiza esta semana, pelo quinto ano consecutivo, um conjunto de eventos destinados a apresentar a importadores, distribuidores, profissionais de hotelaria e restauração, e público em geral as mais recentes novidades vínicas sul-africanas. Os eventos decorrem de 11 a 13 de Fevereiro, em Luanda.

Pela primeira vez, será realizado este ano um Curso de Introdução aos Vinhos da África do Sul que irá certificar os participantes como "Embaixadores dos Vinhos da África do Sul". A iniciativa, com a duração de um dia, decorre no dia 11 de Fevereiro, num hotel de Luanda. No dia 12, quinta-feira, realiza-se a já habitual Grande Prova de Vinhos, onde estarão presentes oito produtores e cerca de 90 referências de vinho, representativas da riqueza e variedade vínica sul-africana. O evento é dirigido, em primeira linha, aos vários agentes comerciais do sector, comunicação social e outros decisores empresariais em Angola.

Finalmente, no dia 13, realiza-se um Jantar Vínico, sob o lema da “harmonização do vinho sul-africano com a gastronomia angolana”, dedicado ao consumidor em geral, dando aos produtores a oportunidade de promoveram as suas marcas directamente junto do público. DGB, Distell, Kaapzicht Wine State, Mountain River Wines, Origin Wine, Robertson Winery, uniWines Vineyards e Wellington Wines são os produtores sul-africanos já confirmados para a edição de 2015.

Para Matome Mbatha, director de marketing dos Vinhos da África do Sul responsável pelos mercados de África e Américas, “o propósito destes eventos é sobretudo partilhar com os agentes comerciais e com os consumidores angolanos o que os vinhos sul-africanos têm para oferecer, mesmo aqui a um passo de Angola”. Angola é vista como um mercado de grande potencial, acrescentando o responsável que “geralmente, o negócio dos vinhos é promovido em eventos como estes, pois consideramos que é uma das melhores formas de colocar os nossos públicos em contacto com os nossos produtos e de lhes proporcionar uma experiência única”.

Em 2014, os vinhos sul-africanos exportaram 5, 5 milhões de litros de vinhos engarrafados para Angola, prevendo-se para este ano um crescimento de 20 por cento. O grande campeão de vendas dos vinhos de África do Sul em Angola continua a ser o espumante.

Mais Lidas