Ver Angola

Saúde

Hospital Municipal de Viana com apenas dois médicos e pediatria em “colapso”

O Hospital Municipal de Viana, em Luanda, está a trabalhar apenas com dois médicos, porque a maioria dos profissionais testou positivo à covid-19, e a secção de pediatria da unidade sanitária “colapsou” devido às solicitações, foi anunciado.

:

A informação foi avançada pelo director-geral da unidade hospitalar, Mateus Neto, referindo que os profissionais com sintomas, entre médicos e enfermeiros, estão em casa isolados e em tratamento.

"Desde a quadra natalícia, a partir de 24 de Dezembro, temos vindo a trabalhar nesta unidade com apenas dois médicos, porque os demais estão infectados com a covid-19", afirmou hoje o responsável em declarações à rádio.

Segundo Mateus Neto, em consequência da ausência de técnicos, a pediatria do também conhecido hospital do Kapalanga colapsou: "Porque temos muitas crianças e nem temos camas e nem meios para poder fazer face ao número de doentes que chegam."

O responsável lamentou ainda a carência de fármacos naquele hospital, sendo que alguns doentes, explicou, "têm mesmo de adquirir um ou outro fármaco".

A nova variante da Ómicron, que já regista circulação em Angola, tem afectado igualmente vários profissionais da saúde em várias unidades hospitalares do país, como relatam as autoridades.