Ver Angola

Defesa

Angola abre concurso para bens alimentares do efectivo policial e população penal

O Ministério do Interior anunciou esta Segunda-feira a abertura de um concurso público para aquisição de bens alimentares destinados às forças da corporação e à população penal, estimado em 42,2 mil milhões de kwanzas.

:

Segundo um despacho do ministro do Interior, Eugénio Laborinho, divulgado esta Segunda-feira no Jornal de Angola, o concurso para execução em seis meses implica a celebração de um contrato público e a entrega de bens ou prestação de serviço em todo o território angolano.

Para a entidade pública contratante, os concorrentes devem ter cinco anos de actividade comprovada e para a respectiva adjudicação a proposta "deve ser economicamente mais vantajosa", tendo em conta os factores enunciados nas peças do procedimento.

A obtenção das peças do procedimento está orçada em 250.000 kwanzas e o prazo determinado para a apresentação das propostas decorre até 25 de Janeiro.

De acordo com o documento, a sessão de esclarecimentos está agendado para 8 de Janeiro, mas devido às limitações no país, impostas pela covid-19, "fica a participação das empresas condicionada à inscrição prévia" na Quinta-feira.

"As empresas que não conseguirem participar da sessão poderão, sempre, solicitar qualquer esclarecimento pelos meios electrónicos de entidade contratante", lê-se no despacho.

Relacionado