Ver Angola

Sociedade Luanda Leaks

Banco português considera que caso ‘Luanda Leaks’ “sem dúvida que não ajuda” à reputação da banca

O presidente do banco português Santander Totta disse esta Quinta-feira que o caso ‘Luanda Leaks’ "sem dúvida que não ajuda" à reputação da banca, citando Warren Buffet para dizer que "a reputação demora 20 anos a ser conseguida e cinco minutos a desaparecer".

:

"Relativamente à reputação, sem dúvida que não ajuda", respondeu Pedro Castro e Almeida quando questionado sobre o processo 'Luanda Leaks' e os alegados esquemas financeiros que poderão ter tido a banca portuguesa (nomeadamente através do EuroBic) como veículo para transacções da empresária Isabel dos Santos.

Pedro Castro e Almeida disse ter a percepção e o conhecimento de que "a reputação do sector e da banca não é boa em Portugal, não é boa na Europa, e não é boa no mundo".

"Desde 2008 é algo que não se tem conseguido melhorar, e como dizia o Warren Buffet [milionário americano], a reputação demora 20 anos a ser conseguida e cinco minutos a desaparecer. E realmente está a demorar a entrarmos no carril, e eu digo a nível mundial, para construirmos estes 20 anos, que demoram muito tempo", reconheceu o gestor.

Pedro Castro e Almeida disse há dias ter visto um 'ranking' em que a banca mundial, entre 50 sectores de actividade, "aparecia em penúltimo lugar".