Ver Angola

Saúde

Ministra da Saúde confirma primeiro caso suspeito de coronavírus em Angola

Sílvia Lutucuta, responsável pela pasta da Saúde no país, avançou esta Quarta-feira à tarde que um paciente com suspeita de coronavírus está no momento internado na Clínica Girassol, em Luanda.

:

Sabe-se que o paciente é cidadão chinês e terá chegado da China há 12 dias, apresentando no momento um quadro suspeito de febres altas e tosse.

A possibilidade de este vir a ser o primeiro caso confirmado de coronavírus no país está em cima da mesa, sendo que estarão a ser realizados exames no sentido de confirmar ou não este diagnóstico, avança a Angop. Também as pessoas que mantiveram contacto com o paciente estão a ser contactadas, de forma a realizarem exames médicos.

Em conferência de imprensa, Sílvia Lutucuta apelou à calma da população, reafirmando que o país, e mais concretamente o sector da saúde, está preparado para responder a eventuais casos de contaminação.

Este é o primeiro caso suspeito de contaminação por coronavírus na região da África Austral.

As autoridades sanitárias angolanas deverão apresentar novos desenvolvimentos sobre o caso do cidadão internado nas próximas horas.

O coronavírus pertence a uma família de vírus que causam a gripe comum, mas também a Síndrome Respiratória Aguda Severa (SARS). Os primeiros sintomas são febre alta, tosse e falta de ar. 

O Ministério da Saúde angolano está a formar profissionais e a reforçar as medidas de vigilância epidemiológica nas fronteiras, estações de comboio, autocarros e em todos os locais de grande aglomeração de pessoas.

Relacionado