Ver Angola

Banca e Seguros

Banco de Poupança e Crédito concede até 118 milhões para financiar empresas em 2020

O Banco de Poupança e Crédito tornou-se na nona instituição financeira a juntar-se ao Programa de Apoio ao Crédito, prevendo financiamentos num total de 57 mil milhões de kwanzas (118 milhões de dólares) até ao final de 2020.

:

“O banco decidiu aderir a este esforço de relançamento da economia através da substituição de importações e deste Projecto de Apoio ao Crédito”, depois de ter reunido recursos financeiros através de uma linha de financiamento externa que será disponibilizada às empresas, afirmou o presidente do banco público, após a assinatura do acordo, no Ministério da Economia e Planeamento, em Luanda.

Segundo António André Lopes, o memorando de entendimento define o quadro da intervenção do banco, bem como os instrumentos disponibilizados pelo Banco de Desenvolvimento de Angola para financiar os encargos com juros e as garantias bancárias, através do Fundo de Garantia de Crédito.

O montante a atribuir ronda os 118 milhões de dólares, adiantou o responsável.

O Banco de Poupança e Crédito (BPC) tem por accionistas o Estado, representado pelo Ministério das Finanças (75 por cento), Instituto Nacional de Segurança Social (15 por cento) e a Caixa de Segurança Social das Forças Armadas Angolanas (10 por cento).

O Projecto de Apoio ao Crédito (PAC), inserido no Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição de Importações (Prodesi) visa apoiar empresas ou cooperativas de produtores que contribuam directa ou indirectamente para aumentar a produção interna de um conjunto de 54 bens, essencialmente alimentares

Além do BPC, participam no PAC o Banco Millennium Atlântico, o Banco de Fomento Angola, o Banco Internacional de Crédito (BIC), o Standard Bank, o Banco Angolano de Investimento, o Banco de Comércio e Indústria, o Banco de Negócios Internacional e o Banco Comercial do Huambo.