Estado negoceia reestruturação da dívida junto dos russos do VTB

O banco russo VTB está a negociar com o Governo a "reestruturação" da dívida contraída pelo Estado, actualmente avaliada cerca de 1575 milhões de dólares, confirmou o presidente daquela instituição financeira.
:
  

A informação foi prestada aos jornalistas na Quinta-feira, em Luanda, por Andrey Kostiv, que manteve reuniões com o chefe de Estado João Lourenço, e com o ministro das Finanças, Archer Mangueira.

Para o efeito foi criado um grupo técnico envolvendo elementos do banco russo e do Governo.

Em causa estão financiamentos concedidos pelo VTB ao Governo no valor de 1300 milhões de dólares e de 180 milhões de euros, que serão alvo de uma análise de reestruturação com aquele banco, autorizada por despacho presidencial de 21 de Agosto de 2017, noticiado então pela Lusa.

Aquele grupo russo tem vindo a financiar vários projectos em Angola, nomeadamente, em 2014, um acordo de financiamento com o Governo, no valor de 1500 milhões de dólares.

Um recente documento do Governo refere que o stock de dívida interna ascendia, no final de 2017, a 32,1 mil milhões de dólares e a externa a 26 mil milhões de dólares.

Em 2017, só na emissão de bilhetes de Tesouro com maturidades de um ano, o Estado pagou juros de 23,90 por cento, segundo dados do Banco Nacional de Angola.

Mais Lidas