Ver Angola

Educação

Ministério detecta mais de 700 professores 'fantasma' a receberem salário

O Gabinete Provincial do Ministério da Educação em Luanda detectou mais de 700 professores ‘fantasma’ que estão a receber vencimento, mas que nunca apareceram nos seus postos de trabalho.

:

De acordo com Vanda Rufino, do Gabinete Provincial da Educação em Luanda, 714 profissionais "não compareceram a comprovar a sua efectividade".

Para regular a situação, os responsáveis em causa têm os próximos 22 dias úteis para "apresentarem e confirmarem" a sua efectividade.

"Neste momento demos um prazo para eles se apresentarem e confirmarem a sua efectividade e terminado este prazo aqueles que não se apresentarem vamos partir para um processo de abandono", explicou, em declarações à Rádio Nacional de Angola (RNA).

Vanda Rufino também fez saber que neste momento "estão todos com os salários cancelados".

"Têm o nome no sistema financeiro, à partida são efectivos", completou.