Ver Angola

Cultura

Jovem angolana é a primeira africana a dar a cara pelo Project Management Inst.

Após 50 anos de existência, o Project Management Institute (PMI) – uma instituição internacional sem fins lucrativos que está presente há 2 anos em Angola – decidiu colocar pela primeira vez uma cara africana na sua campanha. A escolhida foi uma jovem angolana, mais concretamente Zenaida Ngombo.

:

"É muita responsabilidade ser o rosto dessa instituição, principalmente por ser angolana e por Angola se encontrar no estado em que está", disse em declarações ao PLATINALINE.

"Para mim, isto é como um tapa de vergonha na cara, porque se a Zenaida existe, muitos mais existem, a ideia é destravar jovens como eu que saíram do nada e hoje se tornarem um rosto Global, com isso quero dizer que o angolano é tão bom como o internacional", afirmou.

Zenaida Ngombo contou ainda que não participou em nenhum concurso para se tornar no rosto do PIM, a escolha partiu da instituição.