Ministro da Energia e Águas em Tóquio à procura de investimento japonês

Uma delegação empresarial angolana, liderada pelo ministro da Energia e Águas, está no Japão à procura de investimento nipónico para aqueles dois sectores, indica uma nota oficial.
:
  

A deslocação da comitiva liderada por João Batista Borges é a resposta a um convite feito pela Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) e surge na sequência de um estudo sobre necessidades energéticas, iniciado em Julho de 2017, por empresas especializadas japonesas, cujas conclusões serão apresentadas ao ministro angolano durante a presença em Tóquio.

Além do ministro, a delegação conta com altos representantes da Empresa Pública de Produção de Electricidade (PRODEL), da Rede Nacional de Transporte de Electricidade (RNT), da Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade (ENDE-EP) e do Instituto Regulador dos Serviços de Electricidade e de Água (IRSEA).

Durante a estada em Tóquio, João Baptista Borges manterá encontros com altos responsáveis da JICA e da TEPSCO, as empresas que realizaram o estudo, visitará infra-estruturas relacionadas com a produção e distribuição de electricidade e participará num seminário com pelo menos 40 empresas japonesas do ramo da energia.

Mais Lidas

Cláudia Rodrigues Coutinho:
De Luanda para o Mundo