Ver Angola

Política

Presidente angolano convidado a participar na cimeira África e América do Sul

O Presidente angolano foi convidado pelo seu homólogo do Equador a participar, no próximo ano, na cimeira África-América do Sul, que se realizará naquele país latino-americano.

:

O convite foi ontem entregue pelo ministro das Relações Exteriores e Mobilidade Humana do Equador, Ricardo Patiño Aroca, que realiza em Luanda uma visita de trabalho de dois dias para o reforço das relações e da cooperação bilateral.

Ricardo Patiño Aroca foi ontem recebido em audiência pelo chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos, a quem fez a entrega de uma carta do seu homólogo do Equador, Rafael Correa.

Em declarações à imprensa, no final da audiência, o chefe da diplomacia do Equador disse que abordou também com o Presidente angolano as relações bilaterais e os encontros que já realizou com governantes angolanos.

"Foi uma grande honra ser recebido pelo Presidente José Eduardo dos Santos, a quem fiz a entrega de uma carta do Presidente Rafael Correa em que convida o Presidente dos Santos para a próxima reunião de África e América do Sul, que se realizará em meados de 2016, no Equador", referiu Ricardo Patiño Aroca.

Por sua vez, a secretária de Estado da Cooperação das Relações Exteriores, Ângela Bragança, disse que o encontro com o chefe de Estado angolano "abriu um horizonte mais vasto" na relação com o Equador.

"Nós vamos trocar delegações, sobretudo para podermos traçar as linhas em que esta cooperação vai incidir, mas podemos desde já dizer que foi durante este encontro, sobretudo, referido algumas áreas em que nós podemos intercambiar", referiu Ângela Bragança.

A governante angolana nomeou a luta contra a pobreza, a partilha de experiências na área da produção petrolífera, a científica, agrícola e cultural, como domínios em que a cooperação entre os dois países pode ser aprofundada.

"Há todo um leque de acções que nós vamos poder delinear sobretudo a partir de agora do que se poderá conversar entre as delegações", sublinhou.

"Gostaríamos de dizer que a América latina é para Angola e para toda a África um parceiro importante. Foi feito um convite ao Presidente da República para participar na cimeira que se realizará no próximo ano com África e nós vamos neste quadro também desenvolver acções", reforçou.

Angola e o Equador rubricaram terça-feira três instrumentos jurídicos, o Acordo Geral Económico, Técnico e Cultural, o Memorando de Entendimento para o estabelecimento de consultas públicas bilaterais e o acordo de isenção de vistos em passaportes diplomáticos e de serviço.

Segundo o ministro das Relações Exteriores de Angola, Georges Chikoti, os acordos vão permitir que outros sectores do Governo possam cooperar numa base legalmente estabelecidas.